Ai que o Folio vem aí outra vez!

Só vale a pena querer coisas impossíveis, não é? Como uma vez uma festa de livros numa terra de ficção? Pois! Conheço uma assim.
Onde as histórias e os personagens eram tudo o que mandavam as ideias. Foi assim e vai ser outra vez, todos fomos heróis de uma história por contar, de encantar, que se contava a cada segundo, e era tão rápida e andava tão depressa que nem se podia escrever. Só ver. Mas ver devagar.
Todos, dentro das muralhas inventadas de Óbidos, fizemos parte de uma viagem inesquecível. Foi como voltar à infância, foi como descobri-la outra vez. Calma, arte, fulgor, música, aulas, gente, línguas, atores, poetas, gente, gente. Tantos sorrisos à espera dos teus olhos…

[bctt tweet=”Ai … que o Folio vem aí outra vez!” via=”no”]

As coisas novas são mais que muitas e na terça-feira, 22 de Março, às 12h00 na Ler Devagar, Lx Factory, Lisboa – uff! vão se preparando. Quem lá vai? o José Eduardo, a Anabela a Maria José,a Mafalda e o José Pinho. E o Presidente Humberto e o Ministro João e a Linda Celeste… e vai haver um filme. E ginja.

Um copito para cada um ouvi dizer. Ou inventei, ou era o que eu gostava que acontecesse. Sei lá. Pode ser o que eu quiser.

Vruummmmm, arranca a maior cena internacional de literatura e da arte em Portugal. É na Vila Literária de Óbidos.
Encontramo-nos todos lá! Ou vão desatinar?