Na Ode para o Futuro

Falareis de nós como de um sonho. Crepúsculo dourado. Frases calmas. Gestos vagarosos. Música suave. Como quem inventa o fim de tarde num citadino jardim inesperado e se encontra desejando … Read More

Lisboa Que Amanhece

És cor que não sei dizer inquieta cromatografia rubor tela minha de Amadeo anónima alegria amor   

O dia de amanhã

EVOE-espuma-dos-dias

EVOHÉ “Alguém diz com lentidão, Lisboa sabes? eu sei…” Caminhas com a graça de princesas tão belas como a beleza, Evohé, descendo as ruas da cidade,  do lado ímpar da estrada, ao … Read More