Categoria: Poesia

Read More
JOSe manuel diogo fotos

Seguir

Com a leveza do ar e o peso das memórias levanto voo no anoitecer de sábado. É a viagem, é a viagem! É o mar é o mar me chama. É a terra que deixo […]

Read More

Tempo

Devolvo à minha memória o teu olhar Foi no ano em que éramos jovens Nós e o nosso amor enfeitado de madressilvas borboletas e mais animais mitológicos Veio o tempo que me empurra e eu […]

Read More

Anil

Pela hora da lua sinto a tua falta. Não há um reflexo que te traga nem luz que te devolva. Partiste. És aura e só memória e contornos indefinidos. Azul, anil, apenas cinza. Sempre passado.