Eletric Dreams. Almada no Museu da Electricidade

(Disse ele) Havia uma música nos anos 80 que no fim do refrão convocava um intenso desejo amoroso – Together in electric dreams – lembras-te?
(Disse ela) Era um bocadinho pirosa a fugir para o chinelo mas tu cantavas-ma ao ouvido e eu acreditava.
(Pensaram os dois) Vês que não me enganei.