Desastre Social

Às vezes são os ricos que se metem debaixo dos pobres, e nem sempre é costume ver o povo bater em operários. Mais raro ainda sob o olhar complacente da polícia. 

Hoje em Santa Apolónia, mais que uma metáfora, uma alegoria. O Porsche em grande velocidade, rasga o asfalto da avenida, descapotável sob o de inverno. De repente é obrigado a travar. Mas vai tarde.  Parado um pobre Clio apenas sente a sua traseira levantar-se sob o impacto. De rabo literalmente no ar o impacto empurra-o para a frente onde acerta impiedosamente numa operária Kangoo que se dedicava às limpezas. Vítimas da luta de classe os trabalhadores reclamam o com o “povo” que agiu a mando do “capital”. As autoridades isolam a ocorrência mas não conseguem libertar-se da curiosidade dos cidadãos que, de telemóvel na mão, publicam tudo nas redes sociais. 

Esta novela urbana vem ilustrada em foto. Um acidente também pode ser uma novela.