Like Portugal – Uma questão de imagem 

Like Portugal |

Para dizer Like Portugal, o ministro da economia, Manuel Caldeira Cabral, diz que é preciso promover a imagem de Portugal no exterior. Mas não só. É preciso também negociar melhor com as instituições europeias, simplificar as regras de funcionamento do governo e apostar em setores estratégicos.

Melhorar o conhecimento

Um facto: Os indicadores de percepção são piores que os reais. Há uma espécie de pessimismo instalado. Os empresários que não conhecem Portugal quando chegam são sempre surpreendidos pela positiva. Outro fator é o da responsabilidade, é preciso preciso explicar que a solidez das nossas contas públicas não é um projeto que nos é imposto pela Europa, é um projeto do país. Fazer os investidores acreditar que  efetivamente é preciso diminuir a dívida, é um fator crítico de sucesso.

Depois podemos mostrara as vantagens de investir em Portugal: Recursos humanos qualificados e relativamente baratos e as Infra estruturas de excelência, rodoviárias, equipamentos, mas sobretudo a rede fibra ótica.

O que é preciso fazer

  • Capitalização e Inovação, definindo e criando fundos abordagem integrada – Portugal é o país do mundo onde  mais universidades entraram para o ranking 2006 e 2014. e ainda assim  o Estado Português não capitaliza as suas empresas. Porque não fazê-lo em Portugal  se na Alemanha e nos Estados Unidos se intervém com fundos públicos nas áreas do investimento.
  • Simplificação dos processos políticos e administrativos,  aqui o Ministério da Economia deve definir uma colaboração estreita com  outros  ministérios e contar com o real apoio de cada setor estratégico, por exemplo no Turismo, fazendo com que os Cruzeiros começarem ou terminarem em Lisboa