A palavra é “pós-verdade”

A palavra do ano 2016 é… “pós-verdade”. E faz muito sentido! Depois de tantos anos a ouvir mentiras, as vantagens da verdade, foram ultrapassadas na nossa consciência, por uma simples aparência de credibilidade.

Se olharmos à nossa volta percebemos porquê. Filmes e séries de TV são regularmente sobre patranhas e vigarices, e até os meios de comunicação social cobrem de forma exaustiva a desonestidade a mentira.

Os mentirosos são uma espécie de heróis dos tempos modernos.

Donald Trump e os protagonistas do Brexit apenas vêm prova-lo.