Panamau

Hoje é Panama. Panamau!

Será que os homens que governam as nações do mundo usam a globalização para roubar os cidadãos?

Panama Papers é o nome mediático do escândalo de corrupção que foi descoberto através de uma fuga de informação da empresa de advocacia palaciana Mossack Fonseca & Co. Putin é o principal visado de uma investigação que chega a 200 países mas onde para já não aparece nenhum norte americano. Será possível?

11,5 milhões de documentos a que o jornal alemão “Süddeutsche Zeitung” e o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (CIJI) tiveram acesso. A investigação durou um ano e envolveu 378 jornalistas de 107 meios de comunicação em 77 países.

Os lesados começaram já  a reagir. O Primeiro-ministro da Islândia fugiu de uma entrevista deverá enfrentar pedidos de eleições antecipadas. Sabe-se também, por via do jornal britânico “The Mirror”, que Messi vai processar por difamação o jornal espanhol que participou na investigação, o “El Confidencial”. Portugal também não escapa. Saiba  aqui quem é único  português envolvido até agora.

O Ministro indiano das Finanças Arun Jaitley garantiu esta segunda-feira que “todos os que não aproveitaram a janela de oportunidade do ano passado para declarar bens ilegais no estrangeiro” ao fisco vão descobrir que “esse aventurismo vai sair-lhes extremamente caro”. Hollande e Moscovici agradecem à imprensa a denúncia da utilização de offshores para fins criminosos. O Reino Unido prometeu investigar atividades ilegais.