Pobres Políticos

Numa lista de 19 países apenas polacos, espanhóis e cipriotas ganham pior que os portugueses. O Presidente da República, o político  mais bem pago em Portugal, recebe depois de todos os impostos aplicados e reduções em vigor,  pouco mais de 4 mil euros. É muito comparado com o ordenado mínimo nacional – 8 vezes mais –   mas pouco comprado com um gestor de uma empresa cotada na bolsa. Pode ser 15 vezes menos.

A questão é polémica porque atinge em cheio a mais primária hipocrisia. Mas mesmo assim perguntas têm de ser feitas.

  • Que vantagem têm um país como o nosso em pagar aos políticos tão pouco?
  • Porque comparamos o ordenado dos políticos ao salário mínimo e não ao dos gestores de sucesso?
  • Mas afinal de quem  é que nós precisamos  para gerir o nosso país?

As razões desta disfunção hipócrita são o tecido, o feitio e a mão de obra num texto do Jornal de Notícias.