Etiqueta: Folio

Zeca Afonso - Utopia “Cidade, sem muros nem ameias. Gente igual por dentro, gente igual por fora; Onde a folha da palma afaga a cantaria. Cidade do homem. Não do lobo, mas irmão. Capital da alegria.” “Braço que dormes nos braços do rio. Toma o fruto da terra. É teu, a ti o deves. Lança o teu desafio.” Homem que olhas nos olhos, que não negas o sorriso, a palavra forte e justa. Homem para quem o nada disto custa. Será que existe lá para os lados do oriente, este rio, este rumo, esta gaivota? Que outro fumo deverei seguir na minha rota? José Afonso
Read More

A droga boa

A última vez que tinha visto tanta gente junta assim, apenas para ouvir outras falar, foi na missa. E foi já há bastante tempo. Congressos científicos não contam porque é gente a falar da vida […]

Read More

Foliar

Sobre o “Folio – Festival internacional de Literatura de Óbidos” que hoje começa na Vila Literária   Gosto de sentir minha língua roçar a língua de Luís de Camões – cantava o Caetano – Gosto do […]