Etiqueta: Portugal

Read More

Direitos, liberdades e garantias

“Não à delação premiada” Na conferência de imprensa desta sexta-feira, em Tróia, após uma maratona negocial de 48 horas, o presidente do Sindicato de Magistrados do Ministério Público, António Ventinhas, mostrou-se muito desagradado pela falta […]

Read More

Eu tenho vergonha

Os meus amigos ligaram-me. Amigos de muitos lados. De muitos credos. Muitos. Mostraram-me indignação. Eu fui ouvindo em silêncio. E fui ganhando vergonha. Estou coberto dela. E agora não posso ficar calado. Os espanhóis saíram […]

Read More

A força da língua

Foi primeiro Camões e depois Pessoa. “A minha pátria é a língua portuguesa”. Depois Vinicius e Caetano. “Gosto do Pessoa na pessoa, da rosa no Rosa”. E o Mia e o Agualusa. Como eles, (eu) sei que […]

Read More

O homem que precisamos de amar

Todos temos um fraquinho por Rock Stars políticas e hoje, a maior de todas tomou posse como Presidente da República. Marcelo sempre foi a bala perdida da política mas desde cedo que “Celinho” sabia que […]

Read More

Em defesa da TAP 

Por André Serpa Soares | sobre uma  notícia(?) publicado hoje na imprensa “TAP é a 5ª pior companhia do mundo”, é hoje a manchete dum jornal diário português. Parece estúpido estar a puxar pelo assunto no […]

Read More

A bem da Nação

Quem estranha as medidas do governo na Educação nos Transportes só pode estar distraído com propaganda. A atitude do governo não só é expectável, como óbvia e, bem vistas as coisas, até desejável.

Neste momento só duas coisas preocupam António Costa. Aumentar a sua popularidade e apear Pedro Passos Coelho de líder PSD. Para que isso aconteça são precisas de duas coisas: manter-se no poder e minar a liderança partidária do antigo primeiro ministro.
Para se manter no poder, tem de cumprir as promessas que fez aos partidos que agora lhe deram a cadeira de São Bento. Para enfraquecer Passos Coelho precisa de dar sinais aos adversários internos do ex-PM que o PSD ainda pode voltar ao poder durante esta legislatura. Desde que alije o antigo líder.
É por isto que não se compreende tanto correr de tinta e até indignação, entre jornalistas  e comentadores . As alterações na Educação (fim de uns exames e aparecimento de outros) e nos Transportes (reversões e “desprivatizações”) são apenas a parte do acordo que Costa fez com os partidos que o apoiam na Assembleia da República. Estranho era se fosse ao contrário.
Estamos na “Fase 1” da governação onde Costa precisa do apoio da esquerda. Neste quadro é obrigatório fazer a vontade à maior corporação do país: os professores; e garantir ao PCP o poder “mítico” de paralisar o país via sector público dos transportes. Só assim haverá orçamento e a possibilidade de Costa governar com popularidade. O que não é difícil de prever, tendo em conta as medidas muito populares que estão anunciadas.
Por outro lado, (…)

Read More
Fala cara

Fala Cara!

– Alô. – Tô. – Eu também. – Desculpa, não percebi. – Percebeu o que? Ah, sim, aquilo lá… Foi uma brincadeirinha. É que acho engraçado o jeito como vocês atendem o telefone… se comunicam… […]

Notas de 500 escudos

Como eram as notas em Portugal antes do Euro? Escudos, contos e centavos. O Escudo português foi a moeda de Portugal que, por ocasião da proclamação da República, veio substituir aquela que era designada por […]