Eleições? Mas para quê?

 Será uma nova moda o país ter governantes que não são escolhidos nas urnas? A direita tremeu com o “golpe” de Costa e agora equaciona o mesmo caminho? Um assunto a pensar…

Mas há outras coisas que nunca mudam. O Futebol Clube do Porto é exemplo disso. O histórico líder portista, Jorge Nuno Pinto da Costa, foi hoje reeleito com 99,9995% dos votos a favor e 0,0005% de abstenção. Disse a SAD do FC Porto em comunicado à CMVM. Uma democracia.

[bctt tweet=”Há outras coisas que nunca mudam. O Futebol Clube do Porto explica.”]

Na política, Mariana Mortágua disse no Público que “Este Governo permitiu oxigenar a nossa democracia”. Pedro Passos Coelho desafiou o governo a apresentar imediatamente mais medidas de austeridade, em vez de ficar à espera que a Comissão Europeia exija um plano B. Será que ficou viciado nisso? Tudo na mesma semana em que disse estar preparado para assumir governo se Marcelo Rebelo de Sousa assim o entender. Sempre sem haver novas eleições.

A Fashion Week começou em Paris mais Hyde que nunca. Hoje foi palco de um dos desfiles mais aguardados. A marca francesa Balmain, liderada por Olivier Rousteing, apresentou as propostas para Outono-Inverno 2016, Ombros definidos com tecidos metalizados e que são já uma promessa de furor nas redes sociais.