Read More
media intelligence professionals portugal

Media Intelligence

Media Intelligence. Foreseeing the future through the media Media intelligence is not guessing, it’s more like predicting, but the odds are considerable. Media intelligence is the ability of an individual or an organization to anticipate […]

STOP THE PRESS

Foi uma campanha política, um almoço e um trabalho universitário que me fizeram pensar: Não há nada pior que a atualidade ser comandada pela falta de recursos. Logo que começaram as eleições e o esforço gigantesco […]

Read More

Tempo

Quero ver-te aqui  A sorrir de frescura  Como o ar da manhã  Quando te encontro Sonho mais alto Respiro melhor E os dias brilham mais  É neste lugar aqui Flores sem nome  Ondeiam ao vento  […]

Read More

Átono

Vai anda  anuncia  Desembrulha as palavras guardadas Descobre as  sílabas  deitadas  Grita  aos acentos  levantem-se ventos  E esvazia  à toa esse vazio de sílabas  tónicas  com que rebentas  no mar 

Cada coisa a seu tempo tem seu tempo. Não florescem no inverno os arvoredos, Nem pela primavera Têm branco frio os campos.   À noite, que entra, não pertence, Lídia, O mesmo ardor que o dia nos pedia. Com mais sossego amemos A nossa incerta vida.   À lareira, cansados não da obra Mas porque a hora é a hora dos cansaços, Não puxemos a voz Acima de um segredo,   E casuais, interrompidas, sejam Nossas palavras de reminiscência (Não para mais nos serve A negra ida do Sol) —   Pouco a pouco o passado recordemos E as histórias contadas no passado Agora duas vezes Histórias, que nos falem   Das flores que na nossa infância ida Com outra consciência nós colhíamos E sob uma outra espécie De olhar lançado ao mundo.   E assim, Lídia, à lareira, como estando, Deuses lares, ali na eternidade, Como quem compõe roupas O outrora compúnhamos   Nesse desassossego que o descanso Nos traz às vidas quando só pensamos Naquilo que já fomos, E há só noite lá fora.   Ricardo Reis